quinta-feira, 31 de maio de 2012

1 de junho - Dia Mundial da Criança assinalado

Mantendo o objetivo de promoção da leitura e divulgação de jovens escritores portugueses, a Biblioteca Municipal da Figueira da Foz assinala o Dia Mundial da Criança com a apresentação do livro infantil “A formiguinha Leonor” da jovem escritora Vânia Tavares, que realizará sessões com alunos de escolas do 1º Ciclo do Ensino Básico, pelas 10h00 e 14h00 do próximo dia 1 de junho.
As comemorações continuam a 4 de junho, com a realização de uma sessão de teatro de sombras. Alunas do Curso Técnico de Apoio à Infância, do INTEP da Figueira da Foz, trazem à Biblioteca uma adaptação do conto “A Bela Adormecida” e também ateliers de pintura facial. Esta ação, a decorrer pelas 14h30, é direcionada para alunos de Jardins de Infância e escolas do 1º CEB do Concelho.

Dramatização do 25 de abril



Cinco das escolas do Ensino
sico do concelho apresentaram
nos últimos dois dias de maio

alguns dos seus trabalhos sobre o 25 de abril. Quem assistiu teve oportunidade de apreciar a excelentes trabalhos das crianças.

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Tavarede: Sabonete e perfume de Limonete nascem na Escola de Quatro Caminhos

A escola de Quatro Caminhos situada na freguesia de Tavarede, pertencente ao Agrupamento de Escolas da Zona Urbana da Figueira da Foz, candidata ao “Prémio Fundação Ilídio Pinho - Ciência na Escola”, com o projeto intitulado “Que bem cheira a nossa Terra!”, está a promover o limonete, recurso natural que todos os Tavaredenses veneram e reclamam como seu, desde há muitos e muitos anos.
O principal objetivo do projeto é criar um sabonete e um perfume de Limonete já que as “nossas bisavós e bisavôs” (como dizem os alunos) também se perfumavam com as suas folhas, colocando-as nos bolsos da roupa que vestiam. Diziam elas que nos bailaricos realizados fora da terra os moços logo as identificavam como sendo “meninas de Tavarede” porque o cheirinho era inconfundível.
Depois de alguma investigação sobre o limonete nasceu em todos os alunos uma enorme vontade de avançar e fazer mais, sentiram que era urgente requalificar a planta e mostrar às gerações futuras a importância deste maravilhoso arbusto. Como pequenos cientistas que são os alunos meteram “mãos à obra” e transformaram as folhinhas dos limonetes numa maravilhosa essência que deu o aroma aos dois produtos. Sozinhos dificilmente conseguiriam concretizar o seu desejo e por isso pediram a ajuda a cientistas verdadeiros. Assim, com a colaboração do Professor Doutor Carlos Cavaleiro da Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra, da Dr.ª Maria João Vidaurre dos Laboratórios Vidaurre, Biocante de Cantanhede, dos Viveiros da Figueira-Tavarede, e da Junta de Freguesia de Tavarede, parceiros no projeto, conseguiram tornar o seu sonho realidade – das mãos destes pequenos entusiastas nasceu já o sabonete e o perfume com aroma de limonete.
Quem sabe se estes produtos nascidos das finas e cheirosas folhas do limonete, não poderão vir a ser fonte de rendimento para algumas pessoas de Tavarede, e o quanto estas terras e as suas gentes poderão vir a ganhar com a concretização deste sonho?
Os meninos sonharam, a obra nasceu… “Que bem cheira a nossa Terra!
Nas fotos: Os alunos, professoras e auxiliares da escola envolvidos no projeto; e os sabonetes e um 'frasquinho' com o perfume.

Sociedade Boa União Alhadense organiza Serão Cultural

Sábado, 02 de Junho, 21h30.
Participam no evento:
"Voz das Estrelas"
GIU Caceirense
Coro do Clube Millennium BCP.

(Clicar no programa para melhor o visualizar)

SuperTmatik - A escola dr. João de Barros com boas prestações na final nacional

Os campeonatos escolares superTmatik iniciaram-se no ano letivo 2006/07, com a competição de Cálculo Mental. Em apenas cinco anos, as participações de alunos evoluíram das 12.000, primeira edição, para as 275.000, no ano letivo transato. Atualmente com 12 competições a concurso, os campeonatos são uma referência no panorama escolar nacional, com uma projeção internacional crescente, com destaque para o torneio de Cálculo Mental que na edição deste ano (2011/12) envolveu participação de 212.000 alunos de 52 nacionalidades diferentes.
Destinados a crianças do ensino básico (1º - 9º anos de escolaridade | 6 - 15 anos de idade), as competições baseiam-se na utilização em sala de aula dos jogos superTmatik, um material didático que alia a estimulação mental ao divertimento, estratégia pedagógica de eleição para gerar motivação suplementar para as diferentes aprendizagens
………………
E a escola dr João de Barros participou na final nacional SuperTmatik em algumas modalidades na qual os seus alunos deram provas de uma notável motivação, e onde três alunos entraram no top10! Cá vão os resultados:
5º13: Rafael Ligeiro Rodrigues, 4º lugar (História e Geografia de Portugal); 6º3: Gonçalo Nogueira, 10º lugar (História e Geografia de Portugal); 6º5 - Carolina Jorge, 9º lugar (Educação Moral e Religiosa Católica); 6º9: Diogo Pimentel Batista, 27º lugar (História e Geografia de Portugal); 9ºA: Rodrigo José dos Santos André, 35º lugar (Geografia); 9ºB - Marco António da Cruz, 79º lugar (Geografia).
O total nacional de alunos envolvidos na competição, nas modalidades acima referidas, foi o seguinte: Geografia 26 000; História de Portugal 12 000 e Cristianismo 4 000.

terça-feira, 29 de maio de 2012

XIII Encontro de Militares Músicos em Coimbra

Decorreu no passado dia 26 do corrente, mais um convívio que juntou cerca de 200 militares músicos do Exército de todo o País.
Estes encontros nasceram através da necessidade de convívio, após os militares músicos passarem à situação de disponibilidade, a fim de se trocarem impressões e memórias da vida militar e mais concretamente do ambiente musical que viveram nas Bandas onde estiveram colocados. A partir de 1974/75 tiveram o seu início através dos músicos da Guarnição Militar de Lisboa, no entanto só em 1999 é que estes almoços se começaram a realizar com regularidade, sendo que o espírito de camaradagem e de amizade motivaram e deram corpo e expressão a esta realidade.
Em Outubro de 1999, no primeiro almoço/convívio que decorreu em Queluz participaram 20 elementos, no entanto foi decidido que o mesmo fosse alargado às famílias e realizado todos os anos, sempre no último sábado de Maio de forma que não coincidisse com os compromissos/obrigações musicais que cada um tem no âmbito das Bandas e Orquestras.
Assim em 2000, Aveiro é o palco de concentração/convívio seguindo-se: Quinta do Anjo, Silves, Reguengos de Monsaraz, Alcochete, Aveiro, Quinta do Anjo, Azeitão, Aveiro, Alcochete, Tomar e Coimbra, que decorreu na Quinta do Pingão em Ançã, devido às condições naturais que este Restaurante oferece, estando a comissão organizadora de parabéns pelo empenhamento e tratamento de excelência que a todos surpreendeu e agradou. Para o ano, o mesmo evento vai realizar-se na Guarnição Militar do Porto, dando assim cumprimento ao desejo de que o mesmo se efetue por todo o país.
Reviver camaradas que já não se cruzam à não sei quantos anos, travar conhecimento com outros doutras zonas do País, trocar antigas e atuais impressões e experiências musicais, relembrar histórias e episódios militares e musicais e passar umas boas horas de confraternização e convívio com algumas figuras de referência no panorama musical português, são alguns dos ingredientes que fazem parte da ementa anual destes encontros.
Francisco Manuel Relva Pereira – SChefe Músico do Exército

sexta-feira, 25 de maio de 2012

Sport Clube de Lavos assinala o "Dia Nacional do Movimento Associativo"

Sport Club de Lavos - 31 de maio - 21h30
(Clicar no programa para melhor o visualizar)

Alzheimer - Formação para cuidadoras informais

Realizou-se no passado dia 24 de Maio, no Salão Polivalente da Casa do Povo de Marinha das Ondas, um Workshop sobre a Doença de Alzheimer, ministrado pela Engª. Maria Faria, pós-graduada em Psicogerontologia e cuidadora informal da mãe, doente de Alzheimer.
Este Workshop, aberto a toda a comunidade, foi bastante interessante e de extrema importância para as nossas cuidadoras formais que, deste modo, ficaram mais elucidadas relativamente a esta doença, bem como à forma de tratar aqueles que sofrem da mesma.

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Ambiente - Mais uma ação educativa na Biblioteca

Decorreu na Biblioteca Municipal da Figueira da Foz mais uma ação educativa integrada no projeto de educação ambiental que tem vindo a realizar-se durante todo o ano letivo para escolas do concelho, resultado de uma colaboração entre o Município da Figueira da Foz e o Grupo Portucel Soporcel e dinamizado pela empresa de formação ambiental Natureza Brincalhona – Educação Ambiental, Lda.
Nas duas sessões já realizadas da “Oficina de Origami/Animais Marinhos”, participaram alunos das escolas da Bela Vista, da Gala e da Rui Martins, num total aproximado de 55 alunos acompanhados pelos respetivos professores, que ouviram falar do aparecimento e produção do papel e das suas diversas utilizações na vida diária.
O conceito de “floresta sustentada”, a importância da limpeza das florestas e da criação de pontos de água, a importância das espécies animais das quais algumas em perigo de extinção, os incêndios florestais e a replantação de espécies foram, entre outros assuntos, abordados pelos dois formadores presentes.
A oficina de origami ensinou ainda aos alunos a arte de dobrar papel, transformando uma simples folha nas mais variadas figuras. De forma lúdica aprenderam a construir figuras de animais em origami, permitindo a todos exercitarem a criatividade e a imaginação.

Manuel António Pina é o convidado de maio na biblioteca

Com o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian, a Biblioteca Municipal da Figueira da Foz promove uma vez mais um encontro com um escritor nacional consagrado. Este mês o convidado é Manuel António Pina.
Manuel António Pina (Sabugal, 1943) é poeta, autor de livros infantis e tradutor. É licenciado em Direito pela Universidade de Coimbra. Entre 1971 e 2001 foi jornalista profissional no Jornal de Notícias (Porto), onde desempenhou igualmente funções de editor e chefe de redacção. Além do JN, tem ainda colaboração dispersa por outros órgãos de comunicação, entre imprensa escrita, rádio e televisão (República, Diário de Lisboa, O Jornal, Expresso, Jornal de Letras, Artes e Ideias, Marie Claire, Visão, Rádio Porto, RTP, Península (Barcelona), etc.). Foi também professor da Escola Superior de Jornalismo do Porto e membro do Conselho de Imprensa.
A sua obra é principalmente constituída por poesia e literatura infanto-juvenil. É ainda autor de peças de teatro e de obras de ficção e crónica.
Manuel António Pina foi galardoado em 2011 com o Prémio Camões.
Dia 31 de maio, 21h30. Entrada livre.

Maria Jorge apresenta o seu 3º livro intitulado “Florilégio”

Patrocinado pela Junta de Freguesia de S. Julião da Figueira da Foz Maria Jorge irá proceder ao lançamento editorial, no Auditório do Museu Municipal Dr. Santos Rocha, no próximo dia 27 de Maio, pelas 16h00, do seu novo livro “Florilégio”.

Após a leitura do Curriculum Vitae da poetisa, Herculano Rocha apresentará a edição, recorrendo-se ao canto, à poesia, à projeção de imagens e à dança, com as atuações de Joaquim Afonso, António Barbosa, Sami Bracourt, Lina Almeida, Ilda Pais, Milita de Jesus e Vitália Moço; Grupo Coral de Cantigas de Tavarede, sob a orientação de Silva Cascão; Dança pelo Grupo Grooviteens coreografado por D. Elisabete Carvalho; e pelo Grupo “A Força e a Magia da Palavra. Serão ainda declamadas algumas quadras, acompanhadas ao piano pelo Maestro Silva Cascão.

No final haverá uma sessão de autógrafos e um pequeno beberete.

Comunidade de Leitores da Biblioteca


A data da próxima reunião da Comunidade de Leitores da Biblioteca Municipal da Figueira da Foz foi adiada uma semana.
Assim, realiza-se no início do mês de junho, dia 2, sábado.

Um fim de semana no sal: A arte deu-se a ver e a provar

No âmbito das atividades comemorativas do Dia Internacional dos Museus foi inaugurada, na passada 6ªfeira dia 18 de maio, no Núcleo Museológico do Sal em Armazéns de Lavos, a exposição “habitar’’, uma mostra fotográfica “interpretativa da poesia humana e ecológica do NMSal da Figueira da Foz”.
Trata-se de um projeto criado por Alexandre Sampaio, interpretado por Margarida Laranjo e com a colaboração de Abel Santos que nos apresenta uma leitura original e cénica dos locais e personagens que compõem a paisagem e a vida nos territórios do sal.
Na mesma ocasião foi apresentada aos visitantes a mais recente criação gastronómica da Geladaria – Cake Design Cassata, um delicioso produto gourmet cuja base é chocolate e flor de sal.
Fim de tarde no sal: a arte deu-se a ver e a provar.

segunda-feira, 21 de maio de 2012

Faleceu o António Cruz, o mentor do “figueira.net”


Uma noticia de "choque", daquelas que ninguém gosta de saber... mas que cabe aqui dar conhecimento como forma de prestar uma singela mas muito sentida homenagem.

Recordo aqui que o O PALHETAS (originalmente só assim designado) foi elaborado pelo António Cruz!

Paz à tua alma, Amigo!

quinta-feira, 17 de maio de 2012

Núcleo Museológico do Mar / Ciclo de Conversas

Esta 6ª feira, no Núcleo Museológico do Mar, terá início pelas 14h30 um ciclo de conversas com profissionais ligados ao mar “As Profissões do Mar”, dirigidas ao público escolar, nomeadamente aos alunos do 1º Ciclo do Ensino Básico.
O primeiro convidado será o Capitão do Porto da Figueira da Foz, o Capitão-de-Fragata Rui Filipe Cebolas Amado.

Bonsai no Museu

O Museu Municipal Santos Rocha apresenta o workshop “Iniciação Geral à Arte do Bonsai”, organizado por UHBAU & COMPANHIA Associação Sócio-Cultural, como complemento à exposição temporária “No Jardim de Zhang Huai”. 19 de maio, das 14h30 às 19h00. Maiores de 16 anos. 25 euros por pessoa, com oferta de um bonsai.

Noites no Museu...

No passado dia 11 de maio, os 20 melhores alunos do 7º ano de escolaridade da Escola Cristina Torres passaram uma noite diferente no museu municipal dr. Santos Rocha.
Para esta noite e em jeito de viagem tiveram direito a um passaporte, com check in às 20h00. Após o jantar partilhado, o início das atividades teve lugar às 21h30, com um teatro de sombras e fantoches “À noite no Museu… Santos Rocha” seguido de uma visita ao museu, iluminado apenas com lanternas. Os visitantes descobriram os diferentes animais enumerados no teatro que se encontram dispersos pelas salas e peças do museu.
O programa prosseguiu no jardim interior, com a simulação de uma escavação arqueológica bastante rica em achados arqueológicos. Ainda neste âmbito fizeram fogo, utilizando-o para se aquecerem e confecionarem algumas iguarias, expressando depois a sua veia artística com pinturas feitas com carvão.
Cerca das 00h30, rumaram à Sala de Arqueologia para visualização de um filme. A adrenalina era muita e só pelas 03h00 o sono chegou.
A luz do dia acordou-os bem cedo e o pequeno-almoço, com pão quentinho, teve lugar às 08h30. Cheios de energia e boa disposição, ainda tiveram tempo para coreografar e dançar ao som de várias músicas.
Check out dia 12 às 09h30, fim de uma viagem que certamente ficará na memória.
De referir que esta ação surgiu em parceria com professoras de História da Escola Cristina Torres e que as atividades foram todas asseguradas pelos técnicos do Museu Municipal dr. Santos Rocha.
…………………
Próxima ‘Noite dos Museus’ dia 19 de maio pelas 21h30.
Programa: Passeio de Clio num Museu Imaginário de Obras Musicais – Visita musicada pelo Conservatório David de Sousa; Visita à exposição de Bonsai no Jardim de Zhang Huai; Prova de Chás.

terça-feira, 15 de maio de 2012

Tito em Sarilhos

Está patente no Centro de Artes e Espectáculos da Figueira da Foz, na Sala 3 de Exposições no 1º andar, a exposição ‘Cenários Originais’ para Animação Stop-Motion: Especial “Tito em Sarilho”, de Ana Batata e Bruno Lucas (Academia RTP).
Nesta exposição, para além de alguns cenários e story-boards criados pelos alunos da Escola Secundária Dr. Joaquim de Carvalho para a realização de curtas-metragens de animação stop-motion, apresentam-se cenários, personagens, adereços e cenas do making of de "Tito em Sarilho", uma obra cinematográfica de animação de volumes assinada pelos jovens realizadores figueirenses Ana Batata e Bruno Lucas com o apoio da Academia RTP.
A não perder esta viagem aos bastidores de uma produção original. Deixe-se encantar pela magia do cinema de animação. Entrada gratuita.

Os animais são nossos amigos / Proteção ativa de espécies em perigo

No passado dia 10 de Maio e numa iniciativa da turma 5 do 6º ano, veio à escola Dr. João de Barros o Senhor Major Jorge Caseiro, comandante do Destacamento de Controlo Costeiro da Guarda Nacional Republicana (GNR), falar sobre a proteção de espécies em risco, nomeadamente o meixão (enguia bebé), no âmbito do tema geral da escola para este ano letivo “Os animais são nossos amigos”. De referir que a GNR, sob o comando de Jorge Caseiro, fez nos últimos tempos algumas apreensões de grande dimensão, tendo tido o cuidado de devolver aos diversos cursos de água para repovoamento, as pequenas enguias.
A palestra foi seguida atentamente por alunos e professores que encheram o salão polivalente da escola.

Caceira = Caminhada da saúde

(Clicar no programa para melhor o visualizar)

O pernilongo da escola dr. João de Barros da Figueira da Foz

Entre mais de 600 trabalhos, os alunos do 5º 3 da escola dr. João de Barros da Figueira da Foz foram selecionados para o Prémio Nacional, promovido pela Associação para a Gestão da Cópia Privada (AGECOP), e que tem como objectivo a criação de um livro de autor: “Pernilongo”, com a sua construção, criação de narrativa e respetiva ilustração.
“Verdadeiro livro/objeto desdobra-se até se transformar numa ave (…) esta obra diferenciou-se aos olhos do júri, sobretudo porque se justificava o seu formato, uma vez que conta a história de um “pernilongo” (…) é saboroso este texto, utiliza regionalismos da zona da Figueira da Foz e ainda chama a atenção para a necessidade de proteger a natureza e os animais. Muito divertido e interessante” (apreciação do júri).
De parabéns estão os alunos do 5º 3 desta escola, bem como os professores envolvidos no projeto: Carla Ribeiro, Cristina do Vale e Vasconcelos e Sérgio Nogueira.

Cantigas de maio em Cunhas, Moinhos da Gândara

Cantigas de Maio 2012 é um evento organizado pela a EmCantos-Associação de Inovação e Tradições, com sede na freguesia de Moinhos da Gândara, Figueira da Foz, e que se insere no âmbito do plano de atividades delineado para o ano de 2012, que sempre se tem pautado e baseado no lema da associação: Inovação, Tradições, Música e Amigos.
-------------------------------------------------------------------------------------------
"A 25 de maio, para aquecer os ânimos, abrimos a torneira.
Das conversas, das brincadeiras e… dos líquidos! Abre-se o bar esta noite. Apareçam, revejam amigos, talvez paguem um copo. Ou dois ou dez.
26 é Noite Folk, cada clã com seu sonoro.
Começa a Tocata, depois vem a Fonte e acabamos na Cepa. É um jorrar de sons e bailação, sempre a piscar o olho à uva, à cevada e outros que tais.
Quer-se uma valente festa! Haverá outras como esta, mas na nossa, gandareza, quer-se boa disposição à farta e apego à tradição.
Chega então o 27 ("Viva a nossa camionete!"), para uma tarde popular!
É esse o nome dos gaiteiros, com o fole fandangueiro, sempre a dar. Aqui, há-os!
Chega-nos o travo salgado, canções de água e de barcos, de areia e de Buarcos, na hora da Praia Mar.
E quem encerra o desfile? É a gerência, como de costume. Em cantos e danças, que é como se quer a festa." (Clicar no programa para melhor o visualizar)

quarta-feira, 9 de maio de 2012

Maiorca - Caminhada do Coração

A Junta de Freguesia de Maiorca vai levar a efeito a "Caminhada do Coração" que se irá realizar no dia 27 de maio, em Maiorca. (Clicar no programa para melhor o visualizar)

segunda-feira, 7 de maio de 2012

Escoteiros = 207 de Buarcos festejaram 11º aniversário

Fontela onde, na antiga escola primária, se encontra a atual “Base Vive” do Agrupamento de Escoteiros de Vila Verde.
Com a barriga cheia depois de um churrasco, realizaram mais uma cerimónia de Compromissos de Honra para novos escoteiros, num total de oito elementos e um dirigente, dois deles numa cerimónia mais privada já pela noite dentro, num ambiente descontraído mas de grande simbolismo e com música de fundo, tendo como iluminação a magia dos archotes.
Foi também apresentado um vídeo de retrospetiva de atividades de onze anos de serviço à juventude.
Atualmente o grupo, que conta com cerca de meia centena de crianças e jovens entre várias divisões (por escalões etários) foi fundado em 6 de Maio de 2001, com apoio do Grupo Instrução e Sport e que, desde então, tem prestado incentivos de forma contínua.
Como projetos futuros, além de estarem a proceder ao restauro da sede, estão a organizar várias expedições espeleológicas para junho e julho, e a atividade para caminheiros “A Caminho de Santiago” em agosto, que consiste ir do Porto até Santiago de Compostela (Espanha) a pé, atividade esta que pretende ainda recolher parte de financiamento.
A todos os que tiverem idade entre os 7 e os 21 anos fica o convite para aparecerem na sede do Grupo 207 dos Escoteiros de Buarcos, localizado na praia de Buarcos (edifício branco de madeira) junto ás rampas do parque radical. Ninguém se vai arrepender! (Clicar nas fotos para melhor as visualizar)

Reservas de coleções do Museu Municipal dr. Santos Rocha vão ser visitáveis

O que até agora era reservado e preservado somente pelos técnicos e pessoal qualificado do museu vai poder ser visitado a partir do inicio do próximo ano. Ana Margarida Perrolas explicou que a ideia tomou forma, o projeto entrou em marcha e estará pronto até ao final deste ano, após reaproveitamento de alguns espaços.
Coleções de história natural, pesos e medidas, armamento, etnografia e cerâmica poderão ser visitadas por grupos depois agendamento das visitas que “ terão um acentuado cunho pedagógico”, sublinhou a conservadora Ana Ferreira.
Já o vereador António Tavares destacou o trabalho envolvente e responsável que os técnicos da casa têm na preservação e cuidado das diversas peças, algumas das quais doadas há mais de 200 anos e já na altura com uns bons séculos em cima!
Esta apresentação teve como mote “Um dia com os media…” e serviu para mostrar que se quer um “museu vivo” e com “uma dinâmica muito própria”.
Foto 1: Ana Margarida Perrolas, Ana Ferreira e António Tavares.
Foto 2: Alguns dos funcionários do museu encarregues da preservação dos artefactos mais sensíveis.

David de Sousa = Maestro evocado no Museu

David de Sousa nasceu na Figueira da Foz a 6 de Maio de 1880 e faleceu em 3 de Outubro de 1918 na mesma cidade, contando, pois, apenas 38 anos de idade, quando tanto havia ainda a esperar das suas enormes capacidades.
Excecionalmente dotado, aos 9 anos inicia-se no solfejo e no canto na Escola da Sé Patriarcal em Lisboa, e aos 20 tem já o curso de violoncelo, com prémio do Conservatório Real de Lisboa.
Entre 1908 e 1910, aparece como violoncelista de orquestra em Inglaterra, na Áustria Imperial e na Rússia. Data desse tempo o seu primeiro êxito como compositor: a célebre “Rapsódia Eslava”.
Em 1911 volta à Inglaterra para atuar em Londres onde torna, mais tarde, solista e maestro (1914 e 1917). A partir de 1913, porém, é no seu país natal que procura realizar-se.
Na música foi David de Sousa o maior vulto figueirense e um dos maiores vultos nacionais: além de violoncelista e compositor de grande talento, foi também um notável professor de música e maestro excepcional.
A Divisão de Cultura da Câmara Municipal da Figueira da Foz, através do Museu Municipal Santos Rocha, onde se conserva uma parte do seu valioso espólio, recordou este domingo a figura de David de Sousa no 132º aniversário do seu nascimento.
Por sua vez a Antena 2 transmitiu hoje, pelas 16h00, o programa do Maestro António Ferreira será dedicado a este músico figueirense, e que será repetido a 11 de maio, às 23h00.

sábado, 5 de maio de 2012

PSD comemorou o 38º aniversário do partido na Figueira da Foz

Neste sábado dia 5 de maio, com o Salão Caffé do Casino repleto por cerca de seis centenas de pessoas, o PSD assinalou o seu 38º aniversário com a presença do presidente do partido e primeiro-ministro Pedro Passos Coelho.
O anfitrião Miguel Almeida, presidente da Concelhia local, mostrava-se orgulhoso pela escolha da nossa cidade para a celebração. Nesta qualidade foi o primeiro a usar da palavra, dando as boas vindas aos presentes e exortando todos a repor Portugal na ordem.
De seguida falou Duarte Marques, presidente da JSD, fazendo um breve historial das últimas décadas e concluindo que “quando o PS estraga, o PSD conserta”. Pedro Roque, presidente dos TSD (Trabalhadores Sociais Democratas) explicou porque é que “o PSD tem toda a razão em se orgulhar dos trabalhadores social-democratas”, e Marcelo Nuno, presidente da Distrital, lembrou os nomes de muitas personalidades que o distrito de Coimbra “deu” ao partido.
Por fim, e perante uma plateia expectante, usou da palavra Pedro Passos Coelho que, com um discurso direto e sem tibiezas, afirmou não ter ‘medo’ de explicar as medidas do presente para se poder consolidar o futuro. Sublinhou ainda que o PSD é “um partido que acredita na solidariedade”.
(Clicar nas fotos para melhor as visualizar)

sexta-feira, 4 de maio de 2012

1º de maio assinalado pelos alunos da escola dr. João de Barros

-----------------------------------------------------------------------------------
Mais um ano em que os alunos da Escola Dr. João de Barros e os respetivos familiares comemoraram o 1ºde Maio, num dia caracterizado pelas más condições climatéricas, de chuva e frio. Neste 13º Circuito Juvenil estiveram presentes vinte e seis alunos dos diversos escalões etários, tendo todos os participantes recebido prémios individuais (medalhas a taças).
Distinguiram-se atletas já medalhados em anteriores provas de Corta-Mato do Desporto Escolar, tais como: Ana Pinto - 5º12; Gonçalo Gonçalves - 5º10; Filipa Rodrigues - 6º14; André Fernandes - 5º3; Raúl Costa – 6º4, David Jordão - 7ºD; Mariana Carlos e Cristina Begu , ambas do 9ºA; Daniel Alves do 7ºB e os gémeos Marco e João Cruz do 9ºB. Quatro equipas classificaram-se em 1º lugar tendo a Escola recebido serigrafias do pintor Mário Silva.

Dia da Europa na biblioteca

O Dia da Europa começou a ser assinalado na Biblioteca Municipal, em colaboração com o INTEP da Figueira da Foz, no dia 02 de maio.
Esta foi mais uma atividade realizada no âmbito da parceria cultural estabelecida entre o INTEP e o Município da Figueira da Foz, que decorre pelo terceiro ano consecutivo envolvendo as duas entidades numa dinâmica de partilha e colaboração. Alunas do Curso Técnico de Apoio à Infância daquela escola vieram trazer à Biblioteca Municipal uma ação educativa para alunos do 1º Ciclo do Ensino Básico. A União Europeia, os seus países e a sua história, foram temas explorados também através de um jogo em que todos participaram.
Alunos do 3º ano de escolaridade da Escola do 1º CEB Rui Martins, participaram na iniciativa acompanhados da professora.

quarta-feira, 2 de maio de 2012

Maiorca alvo de boicote!

A Câmara Municipal da Figueira da Foz, no âmbito das comemorações do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, reagendou para sábado, dia 5 de maio, a atividade “À Descoberta da Rota Pedestre de Maiorca”.

Mas de novo São Pedro ‘boicotou’, com a previsão de condições meteorológicas adversas previstas para o referido dia, este evento.
Ainda não está agendada nova data.

terça-feira, 1 de maio de 2012

A Associação das Colectividades do Concelho da Figueira da Foz vai assinalar o XI aniversário

Realiza-se no próximo sábado dia 5 de maio, pelas 21h30, o XI aniversário da Associação das Colectividades do Concelho da Figueira da Foz.

Este evento terá lugar na sede da Associação Cultural, Recreativa e Desportiva da Gândara – Ribas.

António Santos Silva - "Sonetos"

Será apresentado no próximo dia 5 de maio, pelas 17h00, no Auditório Municipal, o mais recente livro de António dos Santos e Silva, “Sonetos”, editado pela Câmara Municipal da Figueira da Foz.
Integrado na série “Cadernos Municipais” (44º volume), com capa do artista plástico Jorge Pinheiro, “Sonetos” segue-se aos doze trabalhos já publicados pelo Autor, com natural destaque para a poesia.
Natural de Coimbra (23/01/1931), licenciado em Engenharia Civil, António Fernando Rodrigues dos Santos e Silva radicou-se na Figueira da Foz, onde foi Diretor dos Serviços Municipalizados.
“...Bastou-me ler rapidamente os seus versos para ver tudo: um poeta autêntico, sem um deslize de estilo, sem uma nota de mau gosto. E exprimindo-se numa linguagem lírica que, embora levemente antiquada (digo: não modernista), trai um equilíbrio, uma verdade de alma perfeitos...” - Vitorino Nemésio.